OS 3 R’s da sustentabilidade. | CIV

/ OS 3 R’s da sustentabilidade.

Você conhece os 3 Rs da sustentabilidade? São ações práticas para mudarmos nossa rotina e nossos hábitos, buscando uma convivência mais harmônica com o meio ambiente. Eles significam: Reutilizar, Reduzir e Reciclar!

 

De acordo com estimativas do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), da ONU, a produção de lixo do mundo deve chegar a 2,2 bilhões de toneladas em 2025. Dia após dia, muitos dos produtos que consumimos são utilizados e descartados de forma irresponsável.

 

Muito do que jogamos fora poderia ser reutilizado de uma outra forma ou ainda por outras pessoas. Garrafas viram vasos e decoração, suas roupas podem se transformar nas roupas de alguém que precise ou, dependendo de seu estado, virarem panos de limpeza. A água da sua máquina de lavar pode ser usada no seu quintal ou calçada. Um pouquinho de criatividade e força de vontade fazem toda a diferença. Copos de plástico descartáveis? Nem pensar!

 

E reduzir o consumo? Optar por produtos que não tenham tantas embalagens desnecessárias, caminhar ao invés de utilizar veículos que poluem o ambiente sempre que possível, comprar e utilizar os recursos do dia a dia com consciência, evitando o desperdício.

 

Finalmente, fazer uma forcinha a mais para sempre reciclar! Separar seu lixo e garantir que ele chegue até empresas ou cooperativas de reciclagem ajuda a gerar empregos e a reaproveitarmos o que já foi produzido. Não é apenas uma questão de diminuir a quantidade de lixo, mas cada produto produzido demanda muita matéria prima e energia, e o ritmo de produção que temos hoje é insustentável.

 

E é aí que os produtos de vidro entram. Eles são reutilizáveis, fáceis de lavar, reduzem o seu consumo de plástico e, algo que nem todos sabem, são 100% recicláveis. Sim, 1 kg de vidro, quando reciclado, gera 1 kg de vidro, sem perda alguma de pureza!

 

Robert Swan, o primeiro explorador a andar sobre ambos os pólos, tem uma frase que resume muito bem o momento que passamos: “A maior ameaça ao nosso planeta é a crença de que outra pessoa irá salvá-lo”. Cada um de nós precisa agir, precisa mudar, e não amanhã, mas agora!